O minimalismo chegou! Mas… De acordo com o título do post a pauta de hoje é exatamente o contrário, então… O que está acontecendo? Pois é, assim como a era minimalista está em alta, com o movimento de “menos é mais” há também a ideia de movimento de contra cultura, que nos diz exatamente o contrário, que mais é mais e que não adianta combinar o pretinho básico com um cinza, que o exagero está aí para liderar os olhares e é para isso que ele existe.

Papermag - Get Busy, Get Dizzy

Cores vibrantes, maquiagens marcadas, cabelos exagerados. Pode parecer que essa realidade está longe do nosso dia a dia, mas ela estampa as capas de revista, os instagrams e em breve, nós sabemos que irá estampar seu guarda roupa também.

Blog | Cool and Cheap: MAXIMALISMO

Artistas como Jeremy Scott fazem a cabeça das artistas mais badaladas da década, e cada dia que passa os grupos de kpop estão ganhando mais fãs ao redor do mundo.

Salinas

Desfile Salinas SPFW

No próprio São Paulo Fashion Week nós vimos diversos exemplos de marcas com essa estética, como a Amapô que apostou em diversas estampas marcantes e a Salinas que usou até da tendência da logomania! Apostando no uso do próprio nome da marca em cores vibrantes.

Amapo

Desfile Amapô SPFW

Vale apostar no maximalismo? Sim, claro! Se seu estilo for este! Mas faça a compra consciente das peças! Aposte no que desejar, sinta-se livre e se jogue!

Share: